diagn

Diagnóstico de Doenças Infecciosas

HCV (HEPATITE C) Qualitativo

Hepatite C é uma infecção do fígado causada pelo vírus da hepatite C (VHC). A transmissão pode ocorrer através de transfusão de sangue e componentes, utilização de agulhas e seringas contaminadas e transplante de órgãos e tecidos infectados com HCV. A gestante infectada pode transmitir o vírus para o feto. A inflamação ocorre na maioria das pessoas que adquire o vírus e, dependendo da intensidade e tempo de duração, pode levar a cirrose e câncer do fígado.  Diferentemente das hepatites A e B, a maioria das pessoas que adquirem a hepatite C desenvolvem doença crônica e lenta, sendo que em torno de 90%, a doença é assintomática ou apresenta sintomas muito inespecíficos
A confirmação de infecção atual é feita pela identificação do vírus no sangue, pelo método da Reação da Cadeia da Polimerase (PCR), após exame sorológico positivo ou duvidoso. A PCR possibilita o diagnóstico precoce de infecção por HCV, pois consegue detectar o genoma viral entre 1 a 2 semanas após o contágio, enquanto que os testes sorológicos apresentam-se positivos entre 50 a150 dias. A PCR é uma ferramenta muito útil no diagnóstico de infecção pelo HCV em pacientes com baixa imunidade, como em portadores de HIV ou transplantados, pois não produzem anticorpos de maneira eficiente e no acompanhamento de pacientes em tratamento antiviral.
A PCR para o HCV é o teste de escolha para confirmar infecção viral devido sua grande sensibilidade, especificidade e rapidez na detecção do genoma viral.
Devido ao alto índice de mutação em seu genoma, ainda não existe vacina disponível contra o vírus C, mas existem tratamentos.

Metodologia: PCR-RT-Nested-Próprio
Material: Sangue sem anticoagulante (Soro) (2,0 mL).
Coleta: jejum não necessário.
Conservação: congelada
Resultado: até 5 dias úteis.